Imposto de Renda 2014 – Tabela IRPF 2014




Tabela IRPF 2014 – Imposto de Renda 2014

imposto de renda 2014 Imposto de Renda 2014   Tabela IRPF 2014

O Imposto de Renda 2014 se for igual ao de 2013 deverá ser declarado por todos os brasileiros que ganham acima de R$ 1.500 mensais, quem ganha um valor menor que esse não precisa declarar como antes que existia a declaração de isento no IR.

A Tabela de Imposto de Renda 2014 pode ser igual a essa que vamos postar logo abaixo, porém você pode consultar a tabela de IR no site oficial da Receita Federal. Com a tabela você pode calcular o valor que terá que pagar na hora de fazer a Declaração IR 2014, você deverá fazer o Download Programa IRPF 2014 no site oficial da Receita Federal.

Declarar o Imposto de Renda é uma das obrigações de todo o cidadão brasileiro ou nacionalizado. A cada ano os dados da Receita Federal apontam um índice cada vez maior de pessoas que deixam de prestar contas com o Estado. Em 2014 o famoso “Leão do Governo” arrecadará bilhões de acordo os cálculos antecipados, todavia, nem todo mundo terá esta obrigação.

Só estará sendo obrigado a declarar o Imposto de Renda, pessoas físicas que possuírem renda a partir de um valor maior que R$ 22.487,25. Haja à vista, que este foi o valor estipulado para o ano de 2013 e que em 2014 haverá uma correção monetária de relevante aumento.

Uma dica muito importante, é fazer a sua declaração do IR 2014 com antecedência para não ter os tradicionais problemas de última hora, pois brasileiro é assim mesmo, acaba deixando tudo para a última hora o que pode fazer o sobrecarregamento do servidor do site da Receita Federal, e causar transtornos na hora da declaração do IR.

Veja a Tabela de Imposto de Renda 2013 (Não é a Tabela IRPF 2014)

Cálculo mensal em R$ Alíquota % Parcela imposto em R$
Até 1.499,15 - -
De 1.499,16 até 2.246,75 7,5 112,43
De 2.246,76 até 2.995,70 15,0 280,94
De 2.995,71 até 3.743,19 22,5 505,62
Acima de 3.743,19 27,5 692,78

O período para realização da Declaração do Imposto de Renda 2014 será entre março e final de abril, podendo ser estendido por alguns dias, caso o governo considere necessário. Embora ocorra essa “colher de chá” do Estado em determinados casos, será muito mais confortável acertar-se com o fisco antes do encerramento do período estabelecido.



Tags: , , , , , , , , , , , , ,


Se você gostou clique +1 e Compartilhe no Facebook e Twitter!





Compartilhar





Receba grátis no seu e-mail Imposto de Renda 2014 – Tabela IRPF 2014 e mais dicas!
Digite seu email:

6 Comentários

  1. carla disse:

    afinal o que o isento deve fazer ?
    nada?

  2. Carlos disse:

    Nunca devemos tomar como base sites indiretos, pois podem nos passar informações incorretas nos levando a erros. Procure sempre uma fonte confiável. Parabenizo o site, porém, algumas informações devem ser corrigidas.

  3. Guerra disse:

    Po mano deixa de ser loiro… não existe mais esse lance de entrega de declaração de isento no IR
    E essa tabela??? Vai ser igual ao do ano anterior????

  4. Hugo disse:

    A declaração de isento deixou de ser obrigatória já a alguns anos…
    Existem mais elementos que definem a obrigatoriedade da entrega da declaração.
    Cuidado com as informações…

  5. Dirceu disse:

    esta tabela esta errada… corresponde a tabela do ano anterior…favor atualizar a tabela para nao enganar os leitores.

  6. Aline disse:

    Esta tabela (acima) embora conste como sendo a de 2012 (caracterizando o exercicio 2011) ela é a de 2011, com exercicio em 2010, enganando os leitores desavisados. Favor colocar a tabela correta!!!!!!!!!!!!

Gostou? Faça um Comentário!

Dicas Diárias © · O seu site de Dicas Online -