Ministério do Trabalho Denúncia




Denúncia do Ministério do Trabalho

ministerio do trabalho Ministério do Trabalho Denúncia

Qualquer pessoa que está precisando de um emprego deseja, entrar ou voltar ao mercado de trabalho para ter uma segurança financeira e tocar a vida para a frente. Assim também é, com quem procura o primeiro emprego. Para os marinheiros de primeira viagem, esse desejo sempre vem junto de sonhos, planos e metas para o futuro como conseguir pagar os estudos ou investir naquele negócio que já era tido como impossível.

Acontece que, as vezes, estes sonhos e desejos vão por água abaixo quando alguns problemas começam a acontecer no trabalho. Problemas como conflitos no próprio trabalho entre patrões, gerentes e subordinados. Nesses conflitos, o que mais se vê são os chamados assédios morais e humilhações.

As humilhações podem variar de humilhação pública, assédio sexual, assédio moral, ou até mesmo uma carga horária absurda de trabalho e, caso você não saiba, isso é mais comum do que se pode imaginar. Além de tudo, outros problemas são enfrentados por muitos trabalhadores, relacionados às condições de trabalho em muitas empresas; Algumas empresas sofrem de irregularidades de segurança e higiene tão escabrosas, que, se descobertos pelo Ministério do Trabalho, poderiam,muito bem, ser fechada.

Diante disto, surge a dúvida: Como alguém pode tentar melhorar as coisas ou fazer com que a empresa pague, legalmente, por erros absurdos e desrespeito aos seus trabalhadores? A melhor maneira de resolver isso, é fazer uma denúncia junto ao Ministério do Trabalho para que a empresa possa, ao menos, tentar se adequar às normas estabelecidas por lei.

Mas, fique tranqüilo, pois saiba que é possível fazer uma denúncia junto ao Ministério do Trabalho, de forma anônima. não havendo a necessidade de se identificar. Muita gente, por medo de ir pro olho da rua, acabam não denunciando e continuam agüentando os maus tratos e as péssimas condições de seu setor de trabalho. Saia da sombra da sua empresa. Denuncie!

Para uma denúncia anônima você tem que procurar o Ministério do Trabalho. Se não quiser ser identificado, você pode, ainda, acessar o site da Ouvidoria do ministério para relatar sua ocorrência. Mas, para que tudo correr nos conformes, você deverá fazer uma denúncia detalhada, respondendo questões, como, qual é o tipo de problema, o nome da empresa, o endereço e, se possível, até o nome dos envolvidos.

E, a você, resta apenas esperar. Depois de fazer toda a denúncia, um fiscal irá até o seu local de trabalho, para apurar se as condições descritas na denúncia, batem com seu relato. Caso sejam verídicas, as denúncias, as providências serão tomadas sem que você seja prejudicado por ter denunciado. O Ministério do trabalho garante o total sigilo de seus dados fornecidos para a denúncia. Não tenha medo, acesse o site do Ministério do Trabalho e faça sua denúncia através do seguinte link: www.mte.gov.br.



Tags: , , , , , , , , , , , ,


Se você gostou clique +1 e Compartilhe no Facebook e Twitter!





Compartilhar





Receba grátis no seu e-mail Ministério do Trabalho Denúncia e mais dicas!
Digite seu email:

18 Comentários

  1. cleide disse:

    sou funcionária pública da prefeitura de espera feliz, e neste inicio de ano e novo mandato , estou sendo vítima da falta de direitos dos funcionário públicos sendo prejudicada, vindo a deslocar de um lugar para outro aonde vou me sacrificar se deslocando para longe , para ser ocupado por outros funcionários com menos tempo de trabalho , deixando o lugar que ja faço parte para ser ocupado por funcionários novos, o qual eles escolheram politicamente, gostaria de saber se é justo isso por se tratar de serviço público, ou se temos direitos por que afinal os funcionários públicos são também contribuintes da previdência a qual é descontado todo mês 11º/ aguardo uma resposta solucionável para então tomar providencia do meus direitos . meu e-mail é cleideamanciodemelo@yahoo.com.br

  2. solange disse:

    eu trabalho na empresa logservice n o hospital pedro 2, meu chefe gerente da empresa dono sei la que ele é, fez uma humilhação comig dentro de sua sala levantou a voz comigo gritou e tudo me ameaçando de me da justa causa devido estou justificando minhas faltas levando atestado estou doente com hernias de disco e bico de papagaio pressão alta minha pressão esta sobindo direto devido as dores de coluna tenho ido pro upa apresento meu atestado recitas e laudos remedios pra ele mostrando que ñ estou em condição de trabalhar ele disse que isso ñ pode ficar assim ele ñ vai me pagar pra eu ficar em casa ele dise que ia me prejudicar me humilhou muitoo quero justiça ajuda de vcs pois confio na justiça de deus e da terra socorre me por favor tenho deficiencia auditiva uso aparelho nos dois ouvidos mas sempre me esforcei pra trabalhar.

  3. luiz augusto disse:

    Trabalho em uma firma de segurança.nossa garga horaria é de 911 horas mês,mas sempre q tem feriados e finais de semana fazemos 12 horas diretas e a empresa ñ paga hora extra pq diz q é dia da escala,mas ai digo como pode ser da escala se fazemos 7 horas dia trabalhado e nos finais de semana e feriado fazemos 12 horas.o q devi fazer

  4. leandro disse:

    eu quero sabre quanta hora trabalhador deve trabalhar semanal porque funcionários do posto ipiranga de águas Belas pernambuco eles trabalhar 73h semanal mais ainda leva multa.

  5. fabiane disse:

    trabalhar em escola,nao e bom tem duas pessoas para limpar a escola,detale so uma trabalha a outra nao faz nada e ganha para isso ilario nao e..

  6. A metalurgica JUMBO da cidade de ASSAI (PR), não da vale transporte e cobram R$35,00 de alimentação, e não tem nenhum benefício aos funcionários, mas o que eles gostam de fazer é da gancho por qualquer motivo. isso tudo que disse, está certo?

  7. ola meu nome é claudinei da silva, e quero fazer uma denuncia mito séria contra a empresa JUMBO da cidade de ASSAÌ (PR). a empresa não esta depositando FUNDO DE GARANTIA e contribuição do INSS. Tem funcionário que sofreran acidente dentro da empresa e foram no INSS, mas chegando la,disseram que o mesmo não tinha direito a nada, pois a empresa não esta cumprindo com o seu papel. tem funcionário que esta a meses sem receber nada e sem condições de trabalho, isso é uma umilhação para um pai de família. Por favor, em nome de todos os funcionários, nos deem uma resposta.

  8. pedro disse:

    trabalhei no restaurante o encontro no recreio acho um absurdo o que os patrão de lá faz com a carga horária dos funcionários trabalhando 15, 16 horas diarias ficando com os 10 porcencentos do garçon e muito mais peço ao ministerio do trabalho para que pase lá a qualquer momento o mais rapido possivel obrigado por mim escutar

  9. jose aguiar disse:

    oi trabalho na empreza cervejaria e gatronomia braugarten. intao a empreza fala ki paga pra gente todo dia 1 hora extra por dia mas essas horas nao é contada no lerite. veja só é obrigatorio o fucionario bater o cartao 10 min antes ou 10 min depois do horario de entrada mesmo ki xegamos na empeza mais cedo, ja no horario de saida cuja o horario seja 22h e 30 min , temos ki bater o cartao nessa exata hora e, continuar trabalhando por mais uma hora. E kuando vem a folha de ponto todo final de més pra gente assinar nada consta com o horario ki a gente fez, axo isso um absurdo.. O correto nao seria agente bater o catao kuando fomos embora e essas hora ki a emprza fala ki paga pra gente constar no nosso lerite??? aguardo resporta.. fico agadecido.

  10. jose aguiar disse:

    oi trabalho na empreza cervejaria e gatronomia braugarten intao a empreza fala ki paga pra gente todo dia 1 hora extra por dia mas essas horas nao é contada no lerite. veja só é obrigatorio o fucionario bater o cartao 10 min antes ou 10 min depois do horario de entrada mesmo ki xegamos na empeza mais cedo, ja no horari de saida cuja o horario seja 22h e 30 min , temos ki bater o cartao nessa exata hora e, continuar trabalhando por mais uma hora. E kuando vem a folha de ponto todo final de més pra gente assinar nada consta com o horario ki a gente fez, axo isso um absurdo.. O correto nao seria agente bater o catao kuando fomos embora e essas hora ki a emprza fala ki paga pra gente contar no nosso lerite??? aguardo resporta.. fico agadecido.

  11. Ricardo disse:

    Trabalho em uma empresa de alimentos na área portuária, não ganhamos nem um centavo de salubridade e sem falar no Laboratório que utiliza diversos ácidos e temperaturas acima de 800c° não ganham periculosidade o que fazer ?

  12. Thays disse:

    Oi.. Eu trabalho em um auto posto de combustivel. Tenho que trabalhar todos os domingos e feriados e eles nao me pagam nada a mais por isso. E ainda tenho que ir todos os sabados a noite para cobrir folga da outra menina que trabalha comigo. Eu folgo todas as quartas feiras. Ja tentei mandar um email para a ouvidoria do ministerio do trabalho mas nao adiantou em nada, eles me mandaram um email falando que eu tenho que procurar o mins. do trab. da minha cidade. Mas eu nao quero me identificar. Isso esta certo??

  13. tatiane disse:

    eu trabalho em uma farmacia e esse ano,eu ja paguei 340,00 de balanco e 275,00 de cheque devolvido e mercadorias vencidas,eu queria saber se isso e justo…trabalho em anapolis,numa farmacia na pça dom emanuel…

  14. givanildo disse:

    trabalho em uma terceira des de 03/05/2010
    o empregador da j.orion do CNPJ 69.108/0001-97
    ele e uma pessoa,energica que tem que ser do geito dele
    e tem um sindicato que nunca tinha aparecido p/nos defender
    e brocurar saber,se queriamos revendicar direitos,e um ourto sindicato,parou a todos os terceiros,e a nos da j.orion tambem,e de greve todos os terceiros ficarão
    muitas gatinhas,ja voutará a trabalhar,por a seitar o a cordo,e o j.orion não a seitou e ficamos uns 15 dias parado
    e o sindicato de outro categoria deu o a cordo a o j.orion e ele assinou,que ele daria os 142.00reais de a juda de custo,sexta basica de 52 reais e um a cordo da PLR ate o dia 31 de julho ele levaria um a cordo referente a PLR e se no findar do mesmo ele teria que pagar,1.000 reais a todos
    e ele a rumou um advogado.e disse que o sindicato de outro categoria que obrigou a ele assinar,eu então peguei a assinatura de todos,e o sindicato da sindeepres que e da j.orion,e o nosso que nunca representou a nos,e Eu givanildo vieira da silva representei a todos e o sindicato
    da sindeepres montamos uma comissão de 3 pessoas Cesar augusto cardoso,Rodolfo mariano de carvalho,e Eu Givanildo vieira da silva eu lutando e sem faltar so por telefone deixando todos bem informado o empregador me demitiu
    sem mais e sem menos gostaria de saber os meus direitos
    sendo que eu fiquei a fastado por 3 meses por depressão qual estabilidades eu teria

  15. Manuel disse:

    boa noite trabalhei numa empresa em França tinha 20 dias de trabalho quando tive um acidente de trabalho grave onde eu estive tres mes e meio num hospital sem saber quase nada de Françes sem visitas pois a firma pouco se entresou pelo meu caso depois de eu poder andar posera-me em Portugal vai fazer um ano que me mandarão para casa nunca mais quiserão saber de mim e muito mais que tinha para disser o que devo faser para que isto não fique assim estas pessoas tenhem de ser ponidas alem de serem ou não pessoas com muito capital gostava que me dessem uma resposta a este assunto grave .

  16. Lei 6.321, de 14.04.1976, o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) veio para
    preencher uma das mais sérias lacunas existentes na área do trabalho: a atenção com a alimentação do trabalhador. pq a advance não forneçe????? a gente funcionario vamos fazer um abaixo assinado contra o corte do convernio intermédica

  17. gabriel.bifani disse:

    olá bom dia! uma recamação onde eu trabalho advance textil não forneçe os equipamento de proteção individual.roupa,bota refeição isso que tem acima de 1.000funcio. o que devo fazer??????????????????//

  18. ana disse:

    boa noite,
    gostaria de saber uma coisa,trabalho desde maio de 2012 como cozinheira salario 700 e a auxiliar de cozinha que trabalhava comigo ganhava um salario mimino. agora entrou outra auxiliar e ganha o mesmo valor que eu eu entro no trabalho 7 da manha e ela 7 :35 ela ganha vale transporte e eu não,porque moro perto eu faço muito mais trabalho que elaja tive acidente de trabalho,as veses trabalho doente porque não tem outra pessoa para ficar no meu lugar está certo isso??????????????????????
    diz a contadora que esta certo,aguardo a resposta o mais rapido possivel(analeite-81@hotmail.com
    grato

Gostou? Faça um Comentário!

Dicas Diárias © · O seu site de Dicas Online -